Artur CarNAvalha Gumes - Afora a TropicanAlice Metaforas à Parte soy de Campos soy Canalha


12/09/2006


 

 

mayara - azul são os teus olhos

 

Quintana sempre me dizia

 

o amor é um rio vermelho de sangue

os caranguejos desovam nos mangues

os rios deságuam no mar

o mário é um poeta solitário

um dia vai pousar em teu aquário

e no outro vai nadar em pleno ar

o amor se esgota pelos mangues

caranguejos não têm veias nem sangue

os rios se evaporam pelo ar

o mário é um poeta centenário

um dia se esfinge solitário

e no outro se transborda pelo mar

 

artur gomes

http://arturgomes.zip.net

http://fulinaimicamente.zip.net

http://quartacomverso.blogspot.com

 

 

Escrito por artur gomes às 12h16
[ ] [ envie esta mensagem ]

11/09/2006


césar castro - amigo é coisa pra se guardar

Escrito por artur gomes às 16h01
[ ] [ envie esta mensagem ]

Jura secreta 17

 

lua luavíssima lua

carne que menstrua

lua lua lua

toda nua e crua

quando a hora chega

no sexo da menina 

sendo ana  isadora carolina

na boca de são jorge

mínimo satélite

olhos estelar

constelação na pele

quando te quero perto

quando te quero dentro

deste meu céu da boca

quando te espero língua

e tu apenas lua

voa em pleno ar

pelas ruas de  são paulo

na palavra em plumo

quando o amor é rumo

em que os rios vão pro mar

 

artur gomes

http://arturgomes.zip.net

Escrito por artur gomes às 15h59
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web:

Histórico